Falando da greve…

As últimas da greve:

  • A GREVE CONTINUA PESSOAL, OS PROFESSORES DECIDIRAM CONTINUAR COM A GREVE

Bom, a verdade é que eu e o meu amigo lucasvinicius00 demos cano nos professores e não fomos na assembléia dos sindicato dos professores. Pedimos desculpas…

Agradecemos quem nos ajudou enviando o e-mail pro programa CQC da BAND, e quem não mandou, pode até continuar mandando, mas o objetivo era que eles estivessem presentes na assembléia.

O Clube dos Vagalz vai continuar apoiando a decisão pela greve ou não, só estamos esperando a decisão dos professores hoje, na avenida Paulista.

Quando soubermos o que aconteceu lá, vamos colocar aqui no blog, fique ligado!

Anúncios

Ajude o seu professor a protestar

O Clube dos Vagalz vai te ajudar a protestar junto com o seu professor…
A Rede Bandeirantes de Televisão (BAND), exibe um programa humorístico todas às segundas-feiras às 22h15. O programa se chama CQC, e tem como objetivo o humor inteligente, político e de protesto.Um dos quadros de maior sucesso do programa se chama “PROTESTE-JÁ”, onde o programa vai atrás de assuntos como: desvio de verba, esgotos abandonados ou até a falta de acesso no metrô aos deficientes físicos, e vão atrás dos responsáveis para tirar satisfação.

Bom, a proposta é o seguinte:
Vou postar um e-mail aqui, que mandei para o programa, para que eles possam ver a situação, e se possível fazer alguma matéria sobre a greve, ou sobre os absurdos que o governo tem feito na educação do Estado de São Paulo. É só copiar o e-mail e mandar para: protesteja@band.com.br

|||||||||||||||||||Copie a partir daqui:||||||||||||||||||||

Eu como aluno da Escola pública do Estado de São Paulo, quero pedir o apoio de vocês do programa CQC e do quadro PROTESTE JÁ em relação a greve de professores da Escola Pública do Estado de São Paulo, claro, se possível.

Como, já disse, sou aluno da Escola Pública e estou do lado dos professores e da greve também, já que a classe ganha mal e é pouco valorizada pelo nosso governo estadual.

“Os professores pedem a revogação do decreto publicado no dia 28 de maio pelo governo do Estado que impõe mudanças na estruturação da carreira, entre elas restrições à transferência de professores que ingressaram a partir deste ano na rede. Outra disposição do decreto criticada pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) é a aplicação de uma “provinha” para os professores temporários que forem assumir turmas nas escolas estaduais. Até então, apenas os anos de experiência na rede estadual é que eram levados em consideração.”

Além disso, no começo do ano o Governo colocou no ar (televisão) um comercial dizendo que revolucionaram a educação, e na verdade o que fizeram foi mandar um material de revisão do ano anterior um dia antes do começo das aulas, e os professores mal tiveram tempo de ler. Esse currículo acabou atrapalhando e muito a vida dos alunos e dos professores.

Link da notícia sobre a greve: http://txt.estado.com.br/editorias/2008/06/17/ger-1.93.7.20080617.14.1.xml

Haverá uma assembléia do sindicato dos professores nesta sexta-feira (20/06) às 14h na área livre do MASP, na Avenida Paulista.

Não sei como vocês podem ajudar, mas desde já agradeço.

|||||||||||||||||||||||||Pare de copiar aqui||||||||||||||||||||||||

Você que não conhece o programa e nem o quadro veja os dois vídeos a seguir:
(Vale a pena ver)
Proteste Já Merenda Escolar 1
Proteste Já Merenda Escolar 2

Leia um texto sobre o porque da greve

Professores de São Paulo anunciam greve por tempo indeterminado

SÃO PAULO – Os professores da rede estadual de ensino de São Paulo decretaram, nesta sexta-feira, greve por tempo indeterminado. Os manifestantes realizaram passeata na região da Avenida Paulista. O protesto foi finalizado às 19h07.

A greve começa na segunda-feira, mas não há estimativa para o número de adesões. Nesta sexta, cerca de 30 mil professores se reuniram em assembléia na Praça da República, no centro de São Paulo.

Saiba mais…

%d blogueiros gostam disto: