Com quem fica o pé de alface?

Se um casal se divorcia, na divisão legal de bens, quem fica com a conta conjunta do Facebook ou do Orkut? E os bens adiquiridos no Farmville e no Colheita Feliz?

Acredite se quiser, mas isso foi discutido em Pequim, na China. Um casal que se conheceu num jogo de RPG Online se divorciou, e a ex-mulher exigiu metade dos itens obtidos nesse jogo online, mas o Tribunal Popular de Shunyi não acatou o pedido e argumentou que estes bens virtuais só podem ser regulados por lei se houver “relação com o mundo real”.

“Resta saber se os amigos do seu Facebook ficarão contentes com a ideia de serem repartidos ou terem valor financeiro numa separação.” (Olhar Digital)

Fonte: Olhar Digital

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: